A Ginástica Hipopressiva deve estar sempre presente em suas aulas. Ainda não a usa e nem sabe o motivo de usá-la? Então confira no infográfico abaixo 9 motivos para inserir esse método na sua aula. Te garanto que ele trará resultados melhores para seus alunos, trazendo mais bem-estar e satisfação.

8 motivos para usar a ginástica hipopressiva

MOTIVOS PARA USAR GINÁSTICA HIPOPRESSIVA

  • Diminuição das sequelas normais de um período pós-parto.
  • Redução do perímetro da cintura.
  • Melhoria postural em nível do tônus abdominal e estabilização lombar, evitando a pressão sobre a parte visceral.
  • Ajuda a controlar problemas de incontinência e a flacidez dos órgãos (vagina, bexiga, ânus e reto).
  • Aumento do tônus do assoalho pélvico e da faixa abdominal.
  • Aumento da força contrátil de períneo.
  • Melhoria da vascularização por descongestionamento pélvico e a nível linfático (pernas inchadas/pesadas).
  • Melhoria das funções sexuais e diminuição das dores menstruais.

Os resultados, é claro, ficam restritos à capacidade do praticante em realizar corretamente as séries, uma vez que estas exigem maior concentração e consciência corporal.  Algumas pessoas não evoluem com facilidade, então é necessário um maior tempo para se atingir os objetivos. No entanto, se o indivíduo conseguir realizar os exercícios hipopressivos de maneira correta, é possível perceber a melhora da silhueta na primeira semana de terapia.

Quem pratica estes exercícios regularmente pode observar seus benefícios em 4 semanas.

Segundo os especialistas, o paciente começa a perceber a mudança na região como se fosse uma cinta que envolve a área abdominal anterior e lateral. Esta “cinta” trabalha ativamente durante os movimentos do corpo sem que a pessoa precise pensar durante suas atividades para contrair a musculatura do abdômen.

Conclusão

Vemos que a ginástica hipopressiva é uma técnica importante para qualquer um que trabalhe com Pilates.

Ela pode ser utilizada para melhorar o tônus da musculatura do assoalho pélvico, auxiliar na correção postural e até a melhorar quadros de incontinência.

Claro que tudo só funciona caso a hipopressiva seja realizada da maneira correta. Você quer aprender ainda mais sobre essa técnica e realizá-la corretamente? Confira nesse link meu vídeo sobre como fazer ginástica hipopressiva.