Você sabe o que é a Antiginástica?

A antiginástica ou antigym como também é conhecida, é um trabalho corporal feito com movimentos simples, que permitem ao praticante o autoconhecimento do seu corpo.

Fazendo-o entender que todas as partes desse corpo se conectam, buscando então, ativar áreas e estruturas que ao longo do tempo perderam sua mobilidade, sensibilidade ou função.

Quem criou a Antiginástica?

A antiginástica foi criada na década de 70 pela fisioterapeuta francesa Madame Thérèse Bertherat, autora dos livros “O Corpo tem suas Razões” e “O Correio do Corpo”, obras que ficaram mundialmente conhecidas por trazerem em seus capítulos a experiência pessoal e profissional da autora.

Na busca por conhecer ainda mais o funcionamento dessa complexa estrutura que é o nosso corpo, Madame Bertherat passou a enxergá-lo como uma totalidade no qual cada elemento depende do outro.

Seu trabalho com cadeias musculares foi inspirado no trabalho de Madame Françoise Meziérès. Estudou e analisou outras terapias corporais que complementaram seus conhecimentos, contribuindo assim para seus atendimentos e a criação do seu método, a antiginástica.

Madame Thérèse Bertherat, não aceitava que o corpo fosse tratado como uma máquina, para ela não era importante esculpir o corpo, mas sim resgatar a forma natural desse corpo.

No que baseia-se a Antiginástica?

A antiginástica baseia-se no equilíbrio muscular entre a frente e a parte de trás do corpo. Chamamos de cadeia muscular um conjunto de músculos de mesmo sentido e direção que se comportam com um só músculo.

JORNADA PILATES 2020

8 a 10 de Maio / Gramado - RS

Adquira conhecimento com os maiores palestrantes nacionais e internacionais do Pilates e faça networking com congressistas de todo o Brasil em uma das cidades mais charmosas da Serra Gaúcha.

A cadeia muscular posterior é um conjunto de músculos que saem desde a base do crânio até a ponta dos pés. São músculos muito bem organizados e que estão em constante ativação.

Para Madame Bertherat, ao trabalharmos esses músculos hiperativos na forma de alongá-los e relaxá-los, poderemos então, melhorar a ativação dos músculos da cadeia de flexão do corpo.

Uma vez que essa tem a sua ativação mal organizada ou anulada, devido a hiperatividade da cadeia muscular posterior (extensão). “É uma lei fisiológica: uma vez que se relaxa um lado do corpo, o outro se contrai”, explica Thérèse Bertherat.

Com a antiginástica é possível trabalhar a reorganização e o equilíbrio entre essas cadeias musculares, pois uma vez livre de suas tensões, o nosso corpo terá a capacidade de se restabelecer e de se transformar.

Quais os benefícios da Antiginástica?

Em sua obra “O Corpo tem suas Razões” a autora orienta-nos a ouvir o que o nosso corpo tem a dizer, orienta-nos a libertarmos das amarras e tensões que nele colocamos desde o nosso nascimento, para que assim possamos encontrar o equilíbrio e a perfeita harmonia.

Por ser um método que busca o autoconhecimento corporal e seu equilíbrio entre as estruturas, possui inúmeros benefícios para o corpo e a mente, uma vez que a parte emocional também é um fator para a predisposição de dores crônicas ou crenças limitantes.

São inúmeros os benefícios da antiginástica:

  • Diminuição da dor;
  • Melhora nas alterações posturais;
  • Melhora da ansiedade;
  • Sono;
  • Metabolismo;
  • Bem estar físico e mental;
  • Diminuição das tensões relacionadas ao trabalho, esportes ou atividades cotidianas;
  • Melhora das tensões e equilíbrio entres as cadeias musculares;
  • Melhora na mobilidade;
  • Flexibilidade e maior amplitude articular;
  • Entre outros benefícios.

Para as gestante, a antiginástica também pode trazer muitos benefícios para mãe e o bebê.

Como funciona as sessões de Antiginástica?

Por ser um método com movimentos sutis, realizados de acordo com o ritmo de cada aluno, que busca o autoconhecimento corporal e seu equilíbrio, suas sessões podem ser realizadas em qualquer idade.

Diferente das academias ou estúdios de Pilates, uma sessão de antiginástica é realizada em uma sala silenciosa, clara e confortável, sem qualquer tipo de aparelho e com um número pequeno de alunos.

As sessões são realizadas um vez por semana e ministradas por um profissional qualificado e certificado pelo método. Durante a prática da antiginástica, o profissional não toca ou demonstra qualquer movimento, apenas guia seus alunos através de seus comandos.

A proposta do método não é imitar, mas fazer com que o aluno conheça seu corpo, suas limitações, seus movimentos e seus medos, levando a pessoa a refletir por ela mesma.

Etapas de uma sessão de Antiginástica

Para facilitar os movimentos ou ajudar o aluno a perceber e a sentir as diferentes partes do seu corpo, são utilizados acessórios como: bastões de madeira, bolas médias e pequenas, rolos de toalha, almofadas entre outros.

Primeira Etapa

Essa etapa funciona como um teste de realidade. O aluno é colocado em uma situação física precisa e incomum que irá lhe permitir ficar frente a frente com as suas limitações, tensões e seus bloqueios, que até então, poderiam estar passando despercebidos.

A expressão das sensações e emoções desencadeadas por cada movimento, é extremamente importante dentro da antiginástica. A pedagogia do método é parte fundamental para que o aluno comece a conhecer seu corpo.

Segunda Etapa

Nessa etapa serão realizados exercícios com movimentos simples para que o aluno comece a explorar e a conhecer seu corpo. O profissional não irá demonstrar nenhum movimento, apenas guiará seus alunos através de uma comunicação precisa.

São movimentos sutis e que respeitam a fisiologia dos músculos sem forçar sua amplitude, capazes de trabalhar e explorar músculos e estruturas que há tempos permaneciam desativadas ou com pouca função.

Muitas vezes os movimentos são realizados primeiramente apenas de um lado do corpo, permitindo que o aluno observe e sinta a sensação e a diferença do lado que foi trabalho para o outro que ainda não foi.

No decorrer das sessões

Ao longo das sessões da antiginástica, as sensações e experiências descobertas será diferente para cada aluno. Segundo Bertherat “Os músculos têm uma memória, e nesta memória muscular encontra-se toda a história da pessoa, desde o seu nascimento até hoje”.

Progressivamente, nosso corpo vai aprendendo a se libertar das amarras, tensões e bloqueios que ao longo da vida ele se prendeu. Pouco a pouco é possível sentir que os músculos e suas estruturas vão se tornando mais flexíveis, e que seu corpo começa a se reorganizar e se autocurar.

Porque fazer a Antiginástica

Pois é um método que trabalha dentro das leis de um corpo: anatomia, fisiologia e embriologia (músculos, tendões e ligamentos), quanto a parte neurológica, com efeitos sobre o sistema nervoso (parte emocional e novas conexões).

A antiginástica trabalhará na compreensão desse corpo, seu funcionamento e sua capacidade de regeneração e de se autocurar. Com a antiginástica o praticante terá percepção para descobrir músculos que há tempos já não eram ativados.

E aos poucos nosso corpo se adaptará as novas mudanças e reorganizará as conexões desses músculos com o nosso sistema nervoso central, o cérebro.

Conclusão

Encontrada em várias cidades do Brasil e outros países, a antiginástica vem romper alguns padrões da atualidade na busca pelo corpo perfeito. Mas o que é um corpo perfeito?

Para Madame Thérèse Bertherat, a busca por esse corpo “perfeito” inicia-se pela busca em conhece-lo melhor e a respeitar sua fisiologia.

“Sempre nos dizem que é preciso fortificar o corpo, montamos numa bicicleta, nos penduramos num espaldar, corremos até perdemos o fôlego no jogging, empunhamos halteres. Que tristeza! Nossos músculos merecem muito mais do que essa domesticação forçada. O que é preciso fazer é, primeiro abrir os olhos e nos esforçarmos para olhar nosso corpo, a fim de compreendermos como ele funciona.”

Com uma proposta diferente, a antiginástica leva o aluno a conhecer melhor esse corpo que guarda tantos segredos. Conhecê-lo e reequilibrá-lo estruturalmente e emocionalmente é o primeiro passo para qualquer atividade ou exercício físico que leve ao o que é o corpo perfeito para você!


Referências:
Marie Bertherat: A Antiginástica®